Dor Orofacial

É uma condição de dor associada aos tecidos da cabeça, face, pescoço e estruturas da cavidade oral. Ela inclui, entre outras, dores de cabeça, dores com origem no sistema nervoso, dores psicogênicas (relacionadas a fatores psicológicos) e dores por doenças graves.

Pacientes com disfunções da articulação temporomandibular (ATM), que são os músculos responsáveis pela mastigação, apresentam dor em 97% dos casos. Essa condição é um subgrupo das dores orofaciais e necessita de um minucioso exame clínico, acompanhando de questionário, para obter um diagnóstico correto.

Pessoas com bruxismo nem sempre desenvolvem dor. No entanto, nos casos em que há predisposição para disfunção temporomandibular, ranger os dentes aumenta as chances da dor aparecer.

Além deste caso, o estresse e a ansiedade geram descarga de substâncias que atuam como estimulantes para tensão muscular e ativação do sistema nervoso e endócrino, o que leva o indivíduo a ter certas reações que, em períodos de relaxamento, não vivencia, como o apertamento dos dentes. 

As dores de cabeça também podem ter origem nos dentes, nos músculos e na articulação. Quando sua origem é dentária, ela é difusa e o paciente relata o envolvimento dos dentes, além de dor aguda, limitação da abertura de boca e dor durante a mastigação e fala.

O tratamento proposto pelo Dr. Ézio Kerdoli é realizado por uma equipe multidisciplinar, abordando uma visão do paciente como um todo e não tratando apenas a dor no momento em que o indivíduo está sentindo.

Open chat