Enxerto em Bloco

enxerto-em-bloco

Para se ter boa ancoragem de implantes dentários, o maxilar deve ter osso suficiente para apoiá-los. A perda do dente, muitas vezes leva a mais perda de osso. A perda de dentes pode ser causada por doença periodontal (gengiva), cárie dentária e infecção, lesão ou trauma, ou de um defeito de desenvolvimento.

Se o osso sob a gengiva não se apresenta com comprimento e espessura ou ambos o suficiente, vai ser preciso de um procedimento para acrescentar osso ao maxilar antes de implantes ser colocados. Enxerto osso é um termo que descreve uma variedade de procedimentos utilizados para "construir" osso de modo que os implantes dentários podem ser colocados.. Estes procedimentos normalmente envolvem a adaptação de blocos ósseos do próprio individuo na região comprometida. Uma avaliação é feita na escolha da área doadora ,para remoção do bloco ósseo.As regiões doadoras podem ser do ilíaco , ramo da mandíbula e calota craniana.etc.

Após a enxertia, você tem que esperar alguns meses para o material enxertado fundir com o osso existente. Se você não gosta da idéia de ter osso removido de seu corpo para ser usado como enxerto, outras excelentes opções estão disponíveis. Seu dentista pode usar materiais feitos a partir do osso bovino.

Os materiais sintéticos também podem ser utilizados para enxerto ósseo. Produtos mais recentes, tais como a proteína morfogenética do osso-2 (BMP-2), também estão disponíveis. BMP-2 estimula certas células do corpo para se transformar em osso, sem enxerto.